5 vantagens do coworking odontológico | Cloudia

5 vantagens do coworking odontológico

O coworking odontológico é um espaço compartilhado no qual vários dentistas atuam atendendo individualmente seus pacientes.

Eles estão em alta em várias cidades, ganhando a preferência dos profissionais liberais, autônomos e microempreendedores.

Normalmente, esse é um prédio composto por várias salas com todos ou alguns dos equipamentos necessários para que cada profissional realize seu trabalho.

Você já pensou em atuar em um coworking odontológico? Siga a leitura e veja as vantagens dessa alternativa!

Como funciona um coworking odontológico?

O coworking é um espaço colaborativo, em que cada profissional paga uma taxa (que pode ser diária, mensal ou anual) para poder usar o espaço.

Essa taxa é usada para a manutenção do coworking e para suprir gastos com serviços como energia elétrica, água e internet, além, é claro, de gerar lucro devido ao risco assumido pelo proprietário do espaço.

Normalmente, os corworkings para dentistas têm localizações privilegiadas, pois a divisão dos gastos permite optar por espaços em áreas mais nobres, o que seria difícil se você tivesse que arcar com o aluguel de um consultório odontológico sozinho.

Alguns coworkings contam com uma infraestrutura bem completa, com tudo o que os dentistas precisam para realizarem seus atendimentos – e todos os espaços precisam estar de acordo com as regulamentações da Anvisa e de outros órgãos de saúde.

Essa é uma ideia bacana tanto para quem já tem uma boa carteira de clientes e deseja reduzir os seus custos fixos, como para quem está começando – que poderá aproveitar do networking do espaço e do convívio com outros profissionais para expandir a sua clientela e usar o espaço apenas quando tiver demanda.

Quais as vantagens do coworking odontológico?

coworking odontológico 4

A procura por coworkings odontológicos tem crescido muito – e isso não é por acaso, visto que existem inúmeras vantagens nesse modo de trabalho. Vamos ver em detalhes algumas delas.

1) Redução de custos

É inegável que manter um consultório próprio é algo bastante caro.

Afinal, você terá de lidar sozinho com todos os custos essenciais para operar, como aluguel do espaço, compra de equipamentos, reformas, manutenções, energia elétrica, telefone, internet etc.

Em um coworking odontológico, você pagará apenas uma taxa fixa (diária, semanal, mensal ou anual) e já terá um consultório pronto para operar, com diversos serviços inclusos – o que significa uma importante redução de custos.

2) Networking

Em um espaço compartilhado, você terá contato com diferentes profissionais e poderá aproveitar para divulgar seus serviços a essas pessoas ou realizar novas parcerias.

Essa é uma excelente vantagem para quem está começando ou para quem é recém-formado e precisa conquistar uma clientela fixa.

Outra boa dica para conquistas novos cliente é aprender sobre marketing odontológico.

3) Boa localização

A maioria dos espaços de coworking odontológico tem uma excelente localização, o que é possível graças ao compartilhamento de custos.

E vários desses prédios contam com atrativos para os pacientes, como estacionamento próprio, recepção moderna e outros, que ajudam a diferenciar a sua marca.

4) Flexibilidade

Sem dúvida, a flexibilidade é uma das principais vantagens oferecida por um coworking odontológico. Afinal, você poderá pagar apenas pelos dias que usar.

O que significa que você poderá, por exemplo, expandir sua atuação, começando a atender em diferentes cidades, sem ter os custos fixos (e altos) de manter um consultório próprio em cada um desses municípios.

5) Infraestrutura completa

Os coworkings voltados para a área da saúde funcionam de maneira diferente dos tradicionais e contam com infraestrutura completa para que os profissionais consigam realizar todas as suas funções.

Muitos, inclusive, vem equipados com salas extras, como de raio-x e outros equipamentos, que permitem a você oferecer um serviço ainda mais completo para seus pacientes.

Coworking odontológico x Aluguel de consultório odontológico: qual vale mais à pena?

coworking odontológico 1

Quem está começando a trabalhar na área pode ficar em dúvida entre optar por um coworking odontológico ou preferir o aluguel de consultório odontológico.

Qual será que vale mais a pena?

Tudo dependerá dos seus objetivos profissionais e do estágio em que sua carreira se encontra.

Aluguel de consultório odontológico

A locação de um consultório é a forma mais usual de começar a operar.

Além do aluguel, você precisará arcar com outras demandas, como: reformas, adequação do imóvel às exigências da Anvisa, instalação de equipamentos, decoração, compra de mobiliários para a área de espera e contratação de funcionários para a recepção.

O aluguel deve ser pago todos os meses, junto de todas as demais despesas fixas, independentemente de você estar com a agenda cheia ou vazia.

A vantagem é que você poderá deixar o seu consultório mais personalizado, comprando os equipamentos que prefere usar, pensando nas cores e definindo cada um dos detalhes do seu ambiente de trabalho.

Coworking odontológico

Nessa forma de trabalho, você poderá pagar apenas pelo período que usar, podendo fazer até o pagamento diário ou por horas, o que lhe dá mais liberdade, por exemplo para começar a atender pacientes em outras cidades e regiões.

As salas já vêm equipadas, então você não precisará se preocupar em comprar equipamentos, mobiliários e nem com a decoração da sala de espera ou do seu consultório.

Também não é preciso arcar com a contratação de funcionários, pois a recepção é por conta do coworking.

Cuidado: procure se informar antes de contratar um coworking se o o espaço realmente possui os equipamentos que você necessita.

Porém, a desvantagem é que o uso da sala é limitada ao período que você alugou, o que pode ser um pouco mais complicado em caso de remarcações, por exemplo.

Mas se você tiver um bom controle da sua agenda, essa poderá ser uma ótima solução, pois será mais fácil prever a quantidade de pacientes que você terá por dia e o horário, permitindo locar a sala apenas pelo período de uso.

Outra desvantagem citada por alguns profissionais é o fato de esse ser um espaço no qual você não poderá mexer na decoração, sendo difícil alterar as cores do consultório, por exemplo, para ficarem de acordo com os da sua marca.

Como escolher um bom coworking odontológico?

Depois de analisar todos esses pontos, você acredita que o coworking odontológico é um bom modelo de negócios para você?

Antes de fechar contrato, é essencial avaliar alguns pontos que influenciam totalmente no seu dia a dia, como:

  • qual é o sistema de telefonia oferecido e se há um atendente para receber essas ligações e direcionar aos profissionais;
  • O coworking oferece uma opção de agendamento online para potenciais pacientes interessados em um serviço de odontologia;
  • qual é o provedor e a velocidade da internet oferecida, garantindo que ela conseguirá suportar todos os profissionais do coworking, sem lentidão e outros problemas;
  • avaliar a limpeza e a organização do coworking, garantindo que seus pacientes terão o conforto necessário;
  • onde o coworking fica localizado e o quão próximo ele está do público que você deseja atrair;
  • quais as facilidades e nível de conforto o coworking oferece aos seus pacientes, como recepção equipada e estacionamento privativo;
  • quais os custos e as formas de pagamento, como por hora, dia, semana, mês ou ano e o que está incluso nesses custos;
  • como os consultórios são equipados e se eles dispõem de todos os equipamentos e ferramentas necessárias para a execução dos seus serviços com qualidade.

Neste conteúdo, você viu que o coworking odontológico é uma nova alternativa para os dentistas que desejam reduzir custos, ampliar o networking e ter mais flexibilidade de agenda.

Gostou das nossas dicas? Quer atrair ainda mais pacientes?

Baixe o nosso ebook sobre os principais dados referentes ao atendimento em clínicas odontológicas e dobre seu faturamento!

Comentários