Os 12 erros que os profissionais da saúde mais cometem nas redes sociais mais usadas

Não é mais novidade que todo mundo está nas redes sociais mais usadas como Facebook e Instagram.

Assim fica fácil concluir que, se você deseja atrair mais pacientes, a sua clínica ou consultório também precisa estar onde os seus potenciais pacientes estão.

Mas atenção: este público não gosta de ver propagandas e mais propagandas sobre a sua clínica e os seus serviços como a maioria dos profissionais da saúde faz.

As pessoas querem informações de valor e soluções para os seus problemas.

As redes sociais mais usadas devem potencializar a marca da sua clínica e principalmente construir relacionamentos através da divulgação de conteúdos originais que realmente agreguem valor nas vidas das pessoas.

O que observamos quando navegamos em páginas de profissionais da saúde são inúmeros erros que não os levam a lugar nenhum.

Aliás este é o principal motivo de muitos profissionais se queixarem que as redes sociais mais usadas não trazem resultados concretos.

Você se identificou com isso?

Leia o post até o final e veja se você também está cometendo estes erros.

Erro #1 – Não ter uma Página no Facebook

Muitos profissionais da saúde usam o seu próprio perfil pessoal para divulgação do seu trabalho.

Quando se trata de assuntos profissionais, o ideal é que você crie uma página da sua clínica.

Ao fazer essa divulgação por meio de um perfil, você está indo contra os “Termos de Uso do Facebook”, gerando inclusive o risco de sua conta ser cancelada sem aviso prévio.

Algumas das várias vantagens de se ter uma página no Facebook é que você consegue:

– Ver quantas pessoas a sua publicação alcançou.

– Ver o perfil demográfico das pessoas que curtiram a sua página.

– Destacar postagens para que elas fiquem fixas no topo da sua linha do tempo.

– As pessoas podem fazer check-in no seu estabelecimento, ou seja, podem divulgar aos amigos que estão na sua clínica.

– Instalar aplicativos na página, inclusive a assistente virtual que automatiza todo o seu atendimento aos pacientes via Facebook Cloudia.

–  Impulsionar publicações e criar anúncios através do Facebook Ads.

– Informar melhor os horários de abertura ao público do consultório, formas de contato, serviços oferecidos, etc.

Erro #2 – Postar conteúdo interessante para você, profissional da saúde

Este é o erro mais prejudicial à sua marca nas redes sociais mais usadas e, por incrível que pareça, é o erro mais comum.

Muitas pessoas não produzem conteúdo para a sua página pensando no seu público.

Tem certeza que o público que curtiu a sua página só quer saber do seu serviço e de postagens institucionais ou de autopromoção?

Na verdade esses tipos de postagens, quando muito frequentes, podem causar o afastamento de muitos fãs e nenhum envolvimento.

Se você quer atrair mais pacientes, então tem que postar conteúdo interessante para eles, não para você!

Um exemplo clássico disso são vídeos e imagens de cirurgias que alguns profissionais da saúde postam e acabam afastando muitos potenciais pacientes, principalmente quando há sangue ou outras imagens chocantes.

A dica que dou para o caso de você querer explicar algum procedimento cirúrgico é: use imagens ilustrativas e não filmagens ou fotos reais.

Divulgue para seus fãs informações que agreguem valor e gerem mais qualidade de vida, saúde e bem estar.

Para descobrir o conteúdo certo, é muito fácil:

Quais são as perguntas que os seus pacientes mais fazem antes, durante e após a consulta para você?

São exatamente as respostas das perguntas que você vai postar!

Você só precisa colocar no papel aquilo que você já fala diariamente para os seus pacientes. Fácil não?

Você também pode fazer outras postagens como homenagens a datas comemorativas, citações interessantes e inspiradoras, imagens em eventos relevantes do seu setor, cursos que participou ou ministrou e até mesmo perguntas sobre algo que você queira saber a opinião do pessoal que segue a sua página (esse último gera muito engajamento).

A recomendação que te faço é de que a cada 5 conteúdo que você publique, apenas 1 seja sobre os serviços que você presta na sua clínica, o restante tem que ser de conteúdos que interessem à sua audiência.

Já fotos da sua secretária com pacientes ou suas dentro do consultório ou outras fotos mais pessoais, recomendo postar apenas no Instagram que é uma rede mais propensa a serem mostrados os bastidores e o seu dia a dia.

Outra dica para saber sobre o que escrever é analisar a concorrência e páginas relacionadas à sua área de atuação, veja o que eles publicam e o que gera mais engajamento, estimulando o relacionamento com o público. Use a ferramenta Fan page Karma para essa análise.

Erro #3 – Não postar conteúdos regularmente

Chega a ser frustrante quando acesso uma página de uma empresa e vejo que a última publicação foi a 3 meses atrás.

Isso gera uma sensação de descaso para o seu paciente e, inconscientemente, ele associa isso ao seu serviço, gerando uma tremenda primeira má impressão da sua marca.

Se você se propuser a postar uma vez por semana, cumpra com esta meta.

A disciplina nesse caso conta muito mais do que criatividade ou talento.

O ideal é que você  faça um planejamento das suas postagens. Se não souber como fazer isso, procure ajuda de um consultor em marketing digital ou pesquise por materiais sobre isso.

A ferramenta mais importante para esse planejamento é um cronograma com os temas que devem ser publicados.

Erro #4 – Não falar uma linguagem que os pacientes entendem

No ramo da saúde, naturalmente existem muitos termos técnicos-científicos.

O seu público não é formado no mesmo curso que você e não é obrigado a saber o que significam esses termos.

A recomendação que dou é a de sempre que for necessário usar um termo técnico, tenha empatia suficiente para explicar o que aquilo significa de uma maneira que até uma criança entenda.

Erro #5 – Deixar as redes sociais mais usadas aos cuidados de amadores

A administração da rede social da sua clínica não é um trabalho para qualquer um dos seus “sobrinhos”.

É um trabalho que exige muita disciplina, criatividade, noções de marketing digital, SEO e monitoramento das métricas de desempenho e citações de sua clínica ou consultório para aperfeiçoar suas postagens e antecipar crises.

Se optar por contratar alguém para realizar esse serviço, prefira aquelas que apresentem resultados com números reais de seus clientes.

Erro #6 – Não interagir com os clientes

Responda aos comentários e as mensagens inbox dos seus fãs.

De preferência, responda você mesmo e no mesmo dia em que foi feita a pergunta.

Se não for possível, treine o responsável pelas suas redes sociais mais usadas para responder às perguntas mais genéricas e te encaminhar apenas aquelas mais específicas.

Assim, os seus seguidores se sentirão especiais e estimulados a continuarem interagindo com a sua página da clínica ou consultório.

Erro #7 – Não preencher o “sobre” da sua clínica

Explicite todas as informações da sua clínica ou consultório na sua Página do Facebook.

Clique em “Sobre” e digite dados como: resumo da clínica ou consultório, horário de funcionamento, público alvo, localização, serviços que você oferece, especialidade(s) dos profissionais de sua clínica, site, etc.

Isso também serve para quando você criar um perfil no Google Meu Negócio (vou falar sobre isso em um futuro post).

É obrigação que os seus contatos e endereços sejam citados em todas as redes sociais e atualizados.

Lembre-se sempre de colocar o DDD da sua cidade antes do seu telefone e o nome da sua cidade e estado no seu endereço.

Erro #8 – Página esteticamente desagradável

Contrate um profissional para fazer as artes das imagens para você, hoje em dia é muito fácil ter acesso a eles.

Existem alguns sites de freelas (exemplo: workana, 99 freelas, getninjas) que podem te atender a um preço muito acessível.

Se você tem alguma noção de designe, tente utilizar o software online gratuito Canva, é muito fácil de usar e é gratuito (com algumas compras dentro do site, mas não são necessárias).

Imagens amadoras com baixa resolução, poluídas, feitas por pessoas que não têm conhecimento de designe são venenos para a imagem do seu consultório.

Outro erro é não respeitar a harmonização das cores e formas da sua marca, criando uma página desagradável esteticamente e sem nenhuma identidade visual.

Sugiro que você use imagens profissionais para a sua capa da página e para ilustrar os seus posts.

Além disso, coloque na imagem do perfil a sua marca ou até mesmo a sua foto com seu uniforme de trabalho tirada por um fotógrafo profissional.

Erro #9 – Não criar campanha pagas pelo Facebook Ads

Com o enorme número de perfis e página no Facebook, infelizmente (ou felizmente), a rede social teve que começar a diminuir a sua taxa de entrega dos seus posts aos seguidores.

Isso é bom, porque imagine a quantidade de informações na sua “time line” se você recebesse exatamente todos os posts que suas centenas de amigos postam diariamente!

Atualmente se fala que um post comum consegue atingir apenas 2% dos seus seguidores.

Crie anúncios ou impulsione posts para atrair mais pacientes para o seu consultório.

Essa dica é ainda mais matadora quando falamos em profissionais da saúde simplesmente porque quase ninguém faz! Pelas experiências que já tive, garante excelentes resultados para atrair novos pacientes.

O principal segredo para que seus anúncios gerem resultados positivos e agreguem valor ao seu estabelecimento é criar o público certo.

Se você tem interesse em saber mais sobre esse assunto, me mande um email no cloudia@cloudia.com.br e farei um post específico para criar um público para a sua área da saúde gratuitamente.

Fique atento aos cuidados que você deve ter com as limitações que os conselhos de classes impõem sobre publicidades deste tipo.

Já imaginou impulsionar um post e as pessoas já marcarem consultas e tirarem suas dúvidas automaticamente ao entrarem em contato com a sua página? Com a assistente virtual cloudia isso é possível.

Erro #10 – Não ter um blog ou site

Apesar desse post ser sobre os erros nas redes sociais mais usadas pelos profissionais da saúde, esta dica é válida porque o blog é um complemento delas.

O que sempre recomendo pra quem quer aumentar sua presença online é que tenha um site com blog, além dos perfis nas redes sociais mais usadas.

Funciona basicamente assim:

No seu site, você vai fazer a sua página institucional falando dos seus serviços, toda otimizada para a busca orgânica do Google (SEO) e cadastrada no Google Meu Negócio.

O que vai te diferenciar dos demais concorrentes que já têm um site é que você tenha também um blog.

No blog, você vai escrever conteúdos regularmente de no mínimo 500 palavras, pelo menos uma vez a cada 15 dias, sobre aqueles mesmos assuntos que recomendei que você escreva nas redes sociais, sendo que mais aprofundados.

O papel das redes sociais mais usadas será o de chamar a sua audiência que te segue para ler o seu blog.

Além disso, um site te torna apto a anunciar o seu consultório também no Google Adwords.

Eu diria que o Adwords é a rede que mais atrai pacientes hoje em dia nos estabelecimentos que pude acompanhar de perto fazendo este trabalho.

Erro #11 – Não ter Perfil do instagram

Muita gente usa mais o Instagram do que o próprio Facebook, concentrando muitos potenciais pacientes nesta rede social.

Estar nessa rede também é uma ótima idéia.

Use bastante o Stories (fotos e vídeos que ficam por 24 horas na rede social) com conteúdos informacionais relacionados à sua profissão e bastidores da sua clínica. Nesta rede, é permitido até mesmo publicações mais pessoais, mas não abuse deste tipo de postagem.

Aproveite para configurar seu perfil conforme explico no tópico sobre Instagram deste post.

Erro #12 – Não criar as métricas corretas e não monitorar

O objetivo de tudo isso é que você consiga ter mais pacientes no seu consultório, então esta será a sua métrica principal.

curtidas e seguidores são as chamadas “métricas de vaidade”, e não querem dizer necessariamente que sua estratégia está dando certo, pois elas não aumentarão a receita do seu consultório.

Uma boa métrica é você registrar mensalmente a quantidade de pacientes que marcou uma consulta pelo Facebook.

Inclusive, a Cloudia pode te ajudar a automatizar a sua marcação de consultas pelo Facebook e já te passar essa métrica nos relatórios que ela gera.

Conclusão

É verdade que não é fácil construir uma imagem positiva da sua clínica ou consultório na internet.

Especialmente na área da saúde, poucas pessoas tem essa visão de fortalecer a marca através do marketing digital e isso acaba sendo uma ótima oportunidade para você se destacar e virar referência na sua especialidade, pois existem pouquíssimos concorrentes fazendo isso.

É um trabalho, como já foi falado, de médio e longo prazo que requer muito mais disciplina do que talento.

Por mais que você terceirize esse tipo de serviço, é muito importante que você acompanhe de perto o trabalho e tenha uma noção de como você deve monitorar e como medir os resultados.

Por incrível que pareça, a maioria das agências não sabe como fazer esse trabalho, e se você também não entender, você sempre vai alegar que o marketing digital não te dá resultados.

Trabalhe sua estratégia digital pensando no relacionamento para você ter clientes ao seu lado por muito tempo a um baixíssimo custo de divulgação!

Que tal potencializar a sua presença nas redes sociais mais usadas com um serviço de atendimento automático justamente através do Facebook (a rede social mais usada do mundo)?

Se quiser saber mais como fazer isso, entenda como a assistente virtual Cloudia funciona.

Para entender melhor como você deve aplicar este conhecimento e se aprofundar mais no assunto de marketing para profissionais da saúde, recomendamos fortemente que você leia o nosso post do guia completo sobre marketing digital para profissionais da saúde.

Comentários