fbpx

Como tornar a sua clínica rentável: 7 dicas de expert!

Abrir um negócio próprio no ramo de saúde é o sonho de muitos profissionais. Porém, para tornar a clínica rentável é fundamental ter planejamento e ficar atento a algumas informações cruciais e tecnologias que podem ajudar.

Se você está com problemas no seu caixa, ou deseja melhorar o faturamento, veja as dicas que separamos e que podem ajudar!

Mas, afinal, o que é rentabilidade?

Muitos profissionais ainda confundem rentabilidade com lucratividade. Chamamos de lucratividade todo o ganho de excedente, ou seja, o que sobra da diferença entre o valor de venda do seu serviço e os custos para realizá-lo.

A rentabilidade, por outro lado, se relaciona ao retorno financeiro que você tem sobre o capital investido. Ou seja, para montar a sua clínica, você precisou investir um montante financeiro. A rentabilidade irá medir o quanto desse montante se transforma em retorno financeiro, ou seja, se seu negócio é uma clínica rentável.

Para calcular a sua rentabilidade, você precisará ter o hábito de fazer o seu fluxo de caixa (por isso o planejamento financeiro é tão importante). O cálculo é feito dividindo o valor estimado do fluxo de caixa anual pela quantia que você investiu. Assim, você obterá a taxa de retorno anual do investimento (rentabilidade anual).

Por exemplo, caso você tenha investido R$ 96 mil para abrir sua clínica e o seu fluxo de caixa anual seja de R$ 7.500. Nesse caso, é preciso dividir 7500/96000. O resultado será 7,81% – que é a rentabilidade anual do seu negócio.

O principal objetivo é ter uma clínica rentável, que traga retorno sobre o investimento.

A lucratividade também é importante – e deve ser uma meta no seu negócio. Para calculá-la, use a fórmula: Receita Bruta – Despesas = Lucro.

Vamos supor que você tenha o custo de R$75 para cada consulta, mas a venda por R$150 para seus pacientes e, dentro de um mês, você faça 100 atendimentos. Ao final de um mês, você terá uma receita bruta de R$15 mil e um total de despesas brutas de R$7.500. Então, o seu lucro será de R$7.500, o que significa uma lucratividade mensal de 50%.

Como tornar a clínica rentável?

Agora que você já aprendeu alguns conceitos básicos de matemática financeira, que tal ver as dicas que separamos para tornar sua clínica mais rentável (e também mais lucrativa)?

Dica #1: tenha um planejamento financeiro e faça o fluxo de caixa

O planejamento financeiro é extremamente importante para qualquer empreendimento – e para uma clínica isso não é diferente. É importante entender quais são todos os custos associados a sua clínica, as entradas e saídas, os pagamentos e recebimentos, as taxas referentes aos cartões de crédito e débito, entre outros.

Crie uma planilha para organizar todos esses dados e crie o hábito de fazer o fluxo de caixa. Ele nada mais é do que o registro de tudo o que entra e sai de dinheiro na sua clínica. O ideal é que esse fluxo seja feito diariamente e também ao final de cada mês.

Assim, você terá ideia de quais são os meses de alta e de baixa e poderá se planejar melhor para enfrentar esses períodos de quedas, pensando em promoções, contato com os pacientes ou, mesmo, uma economia melhor nos outros meses.

Dica #2: saiba quais são suas despesas e reduza os gastos desnecessários

O planejamento financeiro também ajuda você a ficar de olho em quais são seus gastos. Se eles estiverem muito altos, acabarão afetando a sua rentabilidade e a sua lucratividade. Por isso, atente-se a questão e pense em alternativas que ajudem a reduzir seus custos sem comprometer sua qualidade.

A dica é criar uma planilha e categorizar todos os seus custos. Com essa organização, é fácil perceber quais são os gastos mais altos – e quais podem ser reduzidos com medidas simples, como trocar a maquininha de cartão por outras com taxas mais baratas, trocar o plano de telefonia, entre outras.

Dica #3: invista em marketing

A melhor forma de tornar sua clínica rentável, é manter a agenda dos seus profissionais sempre cheia. E para isso, o marketing é indispensável. Lembre-se que este será um investimento e não um gasto, porque você verá retorno nas suas ações.

São inúmeras ações que você pode tomar – e hoje o marketing digital é uma das principais, já que cada vez mais os brasileiros estão usando a internet para pesquisar sobre saúde. Nós temos várias dicas de marketing para saúde aqui no blog.

Algumas ações simples, mas capazes de trazer resultados são: incluir sua clínica no Google Meu Negócio, criar páginas nas redes sociais e fazer anúncios segmentados para o seu público, montar um site otimizado e responsivo para sua clínica, agregar um blog ao site para levar mais informação aos seus possíveis pacientes, entre outros.

Dica #4: melhore o relacionamento com seus pacientes

Além de atrair novos pacientes, que tal fidelizar os que você já tem? Essa é uma forma de ter uma receita recorrente e ainda de melhorar a imagem da sua marca, aproveitando o poder da propaganda boca a boca positiva.

A melhor maneira de fazer isso é focando no bom relacionamento com essas pessoas. A experiência de atendimento faz toda a diferença – e isso não envolve apenas o momento da consulta. Oferecer facilidades no agendamento, não atrasar as consultas e fazer um bom pós-consulta são essenciais para que o paciente se sinta acolhido.

Outra dica é investir em um CRM. Esse é um software que ajuda a organizar as informações e dados dos seus pacientes. Assim, você poderá disparar e-mails e mensagens de felicitações de aniversário, lembretes de consultas e de vencimento de prazos de tratamento, oferecer serviços complementares, entre outras ações.

Aproveite para conferir se os seus pacientes estão satisfeitos com o serviço que você presta – e como melhorar essa experiência. Para isso, crie o hábito de aplicar pesquisas de satisfação com seus pacientes e tenha um espaço para que eles possam deixar suas críticas e comentários.

Dica #5: ofereça agendamento online

As pessoas têm uma rotina cada vez mais corrida. E nem sempre seus pacientes têm tempo para ligar para sua clínica marcando uma consulta ou até se deslocar pessoalmente ao consultório.

Por isso, o agendamento online é uma ferramenta extremamente importante em termos de melhoria da experiência do paciente. Ela pode ser disponibilizada no seu site ou nas suas redes sociais e o próprio paciente tem autonomia para escolher o dia e horário que melhor lhe agrade.

Automaticamente, essa consulta marcada é sincronizada com a agenda online dos profissionais da clínica. O paciente pode fazer o agendamento em qualquer hora do dia e da noite, inclusive aos finais de semana, quando não há atendimento presencial no seu consultório, otimizando a sua rotina.

Dica #6: envie lembretes de consultas

O no-show, ou seja, quando o paciente marca uma consulta e não aparece, é capaz de trazer sérios prejuízos e dificultar tornar sua clínica rentável. Esse não comparecimento pode ser causado por vários motivos, porém, o mais usual é o esquecimento.

Para contornar essa situação, há uma alternativa muito simples que é o disparo de lembretes de consultas. Existem alguns softwares que fazem isso automaticamente, liberando as suas atendentes. O paciente poderá, inclusive, remarcar sozinho um novo horário por essas plataformas.

Dica #7: crie estratégias de combate a inadimplência

Outro problema que pode comprometer a sua rentabilidade é a inadimplência. Primeiro, verifique se essa é a realidade da sua clínica, tendo um controle próximo do nível de pacientes endividados e do montante que isso representa para seu consultório.

Depois, pense em estratégias para reduzir esse problema ou evitar que ele ocorra. Fazer a venda no cartão de crédito é uma solução, pois, mesmo que o cliente fique inadimplente com o cartão, você continuará recebendo o valor mensal.

Outra dica é acompanhar esses pacientes inadimplentes, tentando soluções de negociação. Entre em contato para saber o que está causando o problema e coloque-se à disposição para negociar a dívida.

Com essas dicas, certamente será muito mais fácil tornar a sua clínica rentável. A Cloudia é uma assistente virtual voltada exclusivamente para o ramo de saúde. Com ela, seus pacientes podem agendar a consulta online e também há o disparo de lembretes de consultas, além de tira dúvidas para melhorar a interação com os pacientes.

Ficou interessado? Teste agora a Cloudia como paciente e veja como ela pode ajudar a tornar sua clínica rentável!

Comentários