fbpx

6 dicas de captação de pacientes para clínicas médicas

A captação de pacientes é um assunto importantíssimo para todas as clínicas médicas, garantindo a receita recorrente. Porém, é muito importante que essas estratégias sejam executadas com atenção e cuidado, sempre respeitando os limites éticos.

Quer descobrir como captar mais pacientes? Veja as dicas e ideias que separamos!

Dica #1: cadastre sua clínica no Google Meu Negócio

O Google faz parte da vida das pessoas – e cada vez mais elas usam a ferramenta para descobrir novos médicos e profissionais de saúde. Um levantamento feito pelo próprio Google mostrou que o Brasil lidera o ranking das pesquisas por temas de saúde.

Por isso, cadastrar a sua clínica no Google Meu Negócio, além de ser algo simples de ser feito, pode aumentar a captação de pacientes. É muito importante que você inclua todos os dados sobre seu consultório, como: endereço, telefone e formas de contato, horários de funcionamento, entre outros dados.

Como o Google Meu Negócio é ligado ao Google Maps, quando alguém pesquisar pela sua clínica, já poderá encontrar o link para ir até o Maps e fazer a rota usando o app.

Outro ponto importante é tentar manter a interação com os usuários, respondendo às perguntas, postando fotos da sua clínica etc. Com isso, além de passar uma imagem melhor aos usuários, ainda há mais chances de um ranqueamento melhor.

Você também poderá usar o Google Meu Negócio para ter alguns “insights” sobre os seus visitantes, entendendo, por exemplo, de onde são os usuários que pesquisaram pela sua clínica, quantas pessoas entraram em contato usando o telefone que aparece nas pesquisas, entre outras ações.

Dica #2: marque presença nas redes sociais

As redes sociais são canais importantes de interação – e também de descoberta de novas clínicas e profissionais. Você poderá usar essas plataformas para construir sua autoridade e, dessa forma, melhorar a captação de pacientes.

O Facebook e o Instagram são as redes sociais mais usadas, porém é importante entender o perfil das pessoas que você atende e assim definir quais redes podem ser mais interessantes para suas estratégias.

Para não incorrer em nenhum problema ético, sempre confira a cartilha criada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), com orientações sobre o que pode ou não ser feito em termos de publicidade médica.

A ideia não é usar as redes sociais como um instrumento único e exclusivo de propaganda, mas sim de disseminação de conhecimento médico, com informações úteis à sociedade e especialmente ao público que você atende.

Então, é possível criar conteúdos com dicas gerais de saúde, tirando dúvidas sobre tratamentos e condições frequentes no seu consultório, com orientações para prevenção de doenças e até debatendo temas atuais que tenham relação com a sua atuação médica.

No Instagram, é possível usar os stories para perguntar aos usuários sobre quais assuntos eles gostariam de saber mais e o IGTV para criar lives e transmissões mais longas, respondendo a essas dúvidas e interagindo com os pacientes.

Dica #3: tenha um bom site

Além das redes sociais, é importante que a sua clínica tenha um site adequado e otimizado para os dispositivos móveis. Assim, mesmo os usuários que estão navegando pelo smartphone conseguirão acessar suas informações.

Inclua os principais dados sobre sua clínica, área de atuação, especialistas, tratamentos realizados, formações e cursos e outras questões importantes, incluindo a localização, horário de funcionamento, como chegar e formas de contato.

captação de pacientes

Dica #4: alie um blog ao seu site

Para conseguir ficar bem ranqueado para as principais palavras-chaves do seu setor – e também para se firmar como uma autoridade, o blog é um grande aliado. Ele deve estar vinculado ao seu site.

A ideia é pensar em termos que os usuários utilizam para fazer pesquisas no Google e desenvolver postagens ricas e informativas sobre esses temas.

Por exemplo, se você for ginecologista, pode criar conteúdos com dicas para combater a TPM, explicar o que é síndrome dos ovários policísticos, oferecer informações sobre as condições que levam a infertilidade feminina e assim por diante.

Estes conteúdos não visam, de maneira alguma, substituir a consulta médica, pelo contrário, a ideia é levar mais informações aos pacientes, para que eles entendam melhor suas condições e a importância de se consultar com um profissional especializado.

Com um blog, você conseguirá “brigar” pelas primeiras colocações no Google para palavras-chaves relevantes ao seu setor, além de criar uma imagem de autoridade na sua área, aumentando a captação de pacientes.

Dica #5: ofereça a possibilidade de agendamento online

A rotina de todas as pessoas está cada vez mais corrida – e nem sempre seus pacientes têm tempo ao longo do dia para ligar ou passar pessoalmente na sua clínica para fazer o agendamento da consulta.

Se você oferecer mais facilidades, terá chances maiores de aumentar a captação de pacientes. E, nesse ponto, o agendamento online é um grande aliado. Afinal, os pacientes poderão agendar as consultas a qualquer hora do dia ou da noite, incluindo finais de semana e feriados, porque esse processo não depende do funcionamento da sua clínica e nem das suas secretárias.

Ele é realizado de maneira automática e vinculado a agenda online dos profissionais. Assim, você pode disponibilizar para os pacientes apenas os dias e horários que têm livre – e eles próprios terão autonomia para escolher o horário mais adequado.

Alguns sistemas, inclusive, enviam lembretes aos pacientes da consulta e podem tirar as dúvidas mais usuais, como endereço, horário de funcionamento, formas de contato ou orientações pré-consulta ou procedimento.

E, caso o paciente não consiga ir à consulta no dia marcado, ele poderá usar o mesmo sistema para remarcar para outra data e horário mais conveniente.

Esse sistema pode ser disponibilizado no seu site ou nas redes sociais da clínica.

Dica #6: foque no atendimento humanizado

Uma excelente experiência do seu paciente é a melhor ferramenta de captação. Afinal, é a partir dela que ele se sentirá acolhido e bem tratado e poderá indicar o seu serviço a outras pessoas, falando bem da sua clínica e se tornando um paciente fiel.

Então, foque em oferecer um excelente atendimento, não apenas durante a consulta, mas em todos os contatos do paciente com a sua clínica. Por exemplo, com facilidades de agendamento, evitando que o paciente fique horas aguardando para ser atendido, oferecendo um excelente pós-consulta, entre outras questões.

Quanto melhor for a experiência desse paciente com a sua clínica, maiores as chances de fidelização e de uma propaganda positiva boca a boca.

Caso algo ocorra fora do esperado e o paciente enfrente algum problema e faça uma crítica negativa, seja proativo e busque maneiras de resolver o impasse, sempre focando no bem-estar do seu paciente.

E, então, curtiu nossas dicas de captação de pacientes? Se você quer oferecer um agendamento online de qualidade, que tal investir em um chatbot?

A Cloudia é uma assistente virtual com inteligência artificial, que oferece recursos de chatbot e também de agendamento online de consultas e disparo de lembretes. Teste agora a solução como paciente e veja como ela é capaz de melhorar a experiência dos seus pacientes!

Comentários