fbpx

Logo de odontologia: tudo sobre identidade visual para sua clínica

O logo de odontologia é uma das principais tarefas a serem definidas ainda na fase de elaboração da clínica. Embora seja de suma importância, ajudando a sua clientela a diferenciar o seu negócio e a entender os serviços que você presta, nem todos os dentistas se atentam a esse momento.

Você está com várias dúvidas e não sabe como definir o logo de odontologia? Veja quantas dicas e informações importantes separamos!

O que é identidade visual?

Antes de qualquer coisa, é preciso compreender muito bem a que se destina cada termo.

A identidade visual engloba todos os elementos gráficos que identificam a sua marca. Assim, o termo, vai além do logo de odontologia e engloba também, a tipografia, as cores, as imagens os grafismos e os aspectos não tangíveis, como sensações, valores e princípios que são transmitidos com seus materiais de comunicação.

Por isso, mais importante do que definir o logo da sua clínica é pensar em toda a identidade visual do seu negócio. Escolhendo as melhores cores, fontes e todos os detalhes que irão compor a sua marca.

Essas características precisam ser mantidas em todas as comunicações da sua empresa. Ou seja, nas artes das redes sociais, nos detalhes do seu site, nos uniformes dos seus funcionários e até nas cores da decoração da sua clínica. Assim, você criará uma unidade e será mais fácil para o seu paciente entender e diferenciar o seu consultório da concorrência.

Qual a importância de um bom logo de odontologia?

Tanto o logo de odontologia, como toda a identidade visual devem ser muito bem pensadas e elaboradas, porque eles são o primeiro contato do paciente com o seu negócio – e precisam transmitir a mensagem e as sensações corretas.

Assim, quando toda a identidade visual e o logo de odontologia são bem pensados, você consegue:

  • Diferenciar a sua clínica da concorrência;
  • Deixar claro quem é a sua empresa e quais serviços ela oferece;
  • Delimitar o público que você atende;
  • Despertar sensações e emoções adequadas no seu público;
  • Gerar empatia;
  • Criar uma relação com seus pacientes.

Não acredita em tudo isso? Então pense nas grandes empresas. Quando você vê a “maçãzinha” de Steve Jobs, de longe já sabe que aquele é um produto da Apple. E, com isso, espera que algumas características estejam presentes, como inovação e durabilidade, despertando em você diferentes sentimentos, como modernidade, vanguardismo, criatividade etc.

Se você usa uma identidade visual genérica ou sem graça, corre o risco de acabar passando uma mensagem errada, não atrair o público que deseja ou, pior, afastar as pessoas ao invés de atraí-las.

No ramo da saúde, a identidade certa é ainda mais importante, porque você precisa transmitir confiança e fazer com que as pessoas tenham credibilidade em você. Em uma área tão competitiva como a odontologia, diferenciar a sua clínica é essencial.

Como definir a identidade visual da sua clínica?

Já está convencido de que a identidade visual da sua clínica é extremamente importante? Veja as dicas que separamos!

Defina seu público-alvo

O primeiro passo é entender quem são as pessoas que você deseja atrair para a sua clínica – porque o seu logo e a sua identidade precisam dialogar com essas pessoas. Pense nas características que elas possuem, como idade, profissão, renda, localização, gostos, valores, hobbies, atitudes etc.

Entenda os diferenciais da sua clínica

Agora é hora de entender o que a sua empresa faz de diferente, já que isso deve ser transmitido também na sua identidade visual. São muitos os diferenciais que sua clínica pode ter, como: atendimento qualificado e humanizado, serviços exclusivos, tecnologia etc

Defina um conceito

O conceito está atrelado às características da sua marca, que devem ser prontamente percebidas pelo seu público. Difícil? Pense na sua marca como uma pessoa, quais características e atributos ela teria? Como você deseja que seus pacientes a considerem?

São muitas as possibilidades – que precisam estar atreladas com seus diferenciais e o seu público. Como uma marca jovem, moderna, tecnológica ou tradicional, sólida e de confiança.

Evite os exageros

Uma boa logo de odontologia é aquela que transmite rapidamente o conceito e entrega a mensagem de forma simples e objetiva. Evite os excessos e rebuscamentos que podem atrapalhar a interpretação, como várias cores, diferentes tipos de tipografia, várias frases etc.

É melhor ser simples e marcante, capaz de fixar a atenção do seu público, do que ter vários itens que dificultem o entendimento e a memorização dos seus pacientes.

Defina as cores

As cores são elementos de design extremamente importantes, capazes de transmitir sensações e sentimentos.

Geralmente, na área da saúde são usadas cores como azul, verde e branco, em tonalidades claras. Isso porque elas ajudam a acalmar e transmitem sensações de confiança e serenidade. Já os tons fortes, como o amarelo, o laranja e o vermelho podem causar desconforto, fazendo com que as pessoas queiram ficar pouco tempo no ambiente (isso explica porque muitos fast foods têm essas cores nos seus logos).

Para não errar a cor do seu design, sempre procure saber sobre a psicologia das cores e o que cada tonalidade desperta de sensações, buscando as melhores possíveis para seus pacientes. E, claro, que estejam em sintonia com o seu público.

Fuja do lugar comum

Você já reparou que a maioria dos logos de odontologia têm dentes ou sorrisos? Essa é uma associação óbvia – e que todo mundo usa. Por isso, será difícil para o seu paciente memorizar a sua identidade visual, quando praticamente todos os dentistas usam o mesmo logotipo.

Para criar algo único e que realmente agregue valor, é preciso fugir do lugar comum e fazer outras associações. Pense em outras características que tenham relação com a sua marca e que vão além do sorriso. E se não quiser, não é preciso usar nenhum símbolo, apenas uma tipografia marcante.

Pense em algo atemporal

Modismos e tendências surgem continuamente. Você precisa escolher, porém, algo que possa se manter jovem e atual daqui a 5 ou 10 anos. Afinal, não dá para ficar trocando a sua marca a cada nova tendência, não é?

Assim, pense se o símbolo, as letras e as cores podem resistir ao longo do tempo – e se elas continuarão fazendo sentido para seus pacientes com o passar dos anos.

Crie um manual da marca

A identidade visual, como vimos, vai muito além do logotipo. E ela precisa ser usada em todas as suas comunicações. Isso significa um dia aplicá-la na fachada da sua clínica, no outro em um outdoor, fora as aplicações de papelaria, os uniformes e os meios digitais.

Um manual da marca garante que, em todos esses locais, a marca manterá o seu padrão. Assim, ele indica quais alterações são possíveis, como o logotipo ficará em branco e preto, o que fazer quando for preciso reduzir o tamanho do logotipo, entre outras questões, garantindo que em todos os espaços sua identidade será mantida e a mensagem será transmitida de forma clara e coesa.

Devido a todas essas características, nossa recomendação é que você sempre procure um designer profissional para criar a sua identidade visual e, de preferência, acostumado a atender o ramo da saúde. Assim terá certeza de que contará com uma marca confiável e que passe credibilidade e profissionalismo.

Gostou das nossas dicas de logo de odontologia? Aproveite e baixe o nosso e-book sobre marketing odontológico para receber ainda mais informações valiosas e transformar a sua atração de pacientes!

Comentários