fbpx

4 clínicas médicas com arquitetura que encantam

A arquitetura para clínicas médicas é um assunto extremamente importante. Afinal, é ela a responsável por trazer mais aconchego aos pacientes, além de transmitir segurança, profissionalismo e bem-estar.

Para que o projeto seja bem elaborado, ele precisa ter sintonia com a especialidade dos profissionais da clínica e com o perfil do público atendido.

Precisando de inspirações de arquitetura para clínicas médicas? Siga a leitura!

Dicas para um projeto de arquitetura para clínicas médicas

Não adianta apenas se inspirar com as ideias de projetos arquitetônicos encontrados na internet. Afinal, para que o espaço faça sentido e atenda as expectativas, ele deve ser pensado de maneira personalizada.

O primeiro ponto é entender o que você deseja transmitir com a sua clínica, relacionando esses sentimentos a sua marca e a forma como deseja ser reconhecido pelos seus pacientes.

Por exemplo, uma clínica de vanguarda, com muita tecnologia ou que utiliza tratamentos inovadores, uma clínica aconchegante, que sempre foca no bem-estar dos seus pacientes, uma clínica humanizada, que promove o atendimento personalizado a cada pessoa e assim por diante.

Todos esses detalhes devem ser pensados e estarem distribuídos nas cores, nos mobiliários, nos revestimentos e em todos os detalhes que compõem a sua clínica, transmitindo a mensagem certa as pessoas que você recebe no ambiente.

Não adianta, por exemplo, fazer uma propaganda afirmando que a sua clínica é a mais moderna da cidade se, quando o paciente entra na sala de espera, os móveis são antiquados, a pintura está desgastada e só há revistas para entretê-los. Tudo isso passa uma imagem de descaso e de atraso, o que não é compatível com as propagandas que você faz do seu negócio.

Além disso, é fundamental que a arquitetura e o design de interiores conversem com seu público-alvo. Assim, entender quem são e o que querem essas pessoas é fundamental.

Se você está focado em atender um público A+, precisa que seu consultório transmita requinte, luxo, sofisticação e exclusividade.

Assim como médicos geriatras ou que atendem pessoas com mobilidade reduzida, devem sempre se atentar a questões ligadas a acessibilidade, garantindo que seus pacientes conseguirão usufruir do seu espaço e chegar até o seu consultório.

Uma clínica bem pensada e planejada transmite sentimentos bons as pessoas, reforçam o diferencial da sua marca e tornam menos desagradável o fato de se procurar um médico, aumentando o bem-estar e o aconchego – e até reduzindo sentimentos como o medo, que muitas pessoas têm ao enfrentar profissionais da saúde.

Inspirações de clínicas médicas com arquitetura de destaque

Agora que você já viu algumas dicas importantes para transformar a sua clínica médica, que tal se inspirar com projetos arquitetônicos incríveis?

Confira alguns projetos que separamos!

1- Hospital infantil na Tailândia

Esse hospital infantil na Tailândia é um ótimo exemplo de como a arquitetura é capaz de dialogar com seu público e tornar os ambientes de saúde mais aconchegantes e interessantes.

Em diversas áreas, há brinquedos e locais lúdicos para as crianças, principalmente nas salas de espera ou em alas de tratamento, permitindo que os pacientes continuem sendo crianças, mesmo em um momento difícil.

Assim, por meio da arquitetura, é possível reduzir o medo das crianças e transformar uma experiência que seria totalmente desagradável ou até traumatizante, em algo mais suave.

Além disso, a fachada, traz um toque de modernidade muito interessante, posicionando a marca do hospital.

O tom pastel escolhido também é muito sugestivo, pois incentiva a imaginação das crianças, ao mesmo tempo em que torna o espaço mais aconchegante e acolhedor.

Mais detalhes deste projeto em Archdaily.

2- Clínica de saúde mental no Japão

Esse projeto é de uma clínica japonesa especializada no tratamento de pacientes com demência. Assim como em muitos outros locais no Japão e no mundo, o envelhecimento da população fez com que surgisse uma maior necessidade de atenção médica para os idosos.

Normalmente, os centros de saúde são planejados e construídos a partir da visão dos profissionais da saúde, pensando em maneiras de tornar os espaços de tratamento mais eficazes e seguros – o que nem sempre se traduz em locais aconchegantes ou acolhedores, especialmente para quem está vivendo com uma condição de saúde tão debilitante.

Nessa clínica, para resolver essas questões, foi criado um espaço comum de “aprendizagem” – destinado aos pacientes que vivem com demência e seus familiares e cuidadores.

O espaço não tem a intenção direta de tratar a doença, mas proporciona aos visitantes um ponto de partida para começarem a entender e aceitar a condição da demência.

Além desse espaço, ainda há um jardim ao ar livre desenhado para recriar as paisagens dos campos de arroz e montanhas usando a flora local, tornando a interação entre pacientes, funcionários e famílias mais simples, conectando pessoas.

Mais detalhes deste projeto em Archdaily.

3- Clínica sustentável em Campinas

Essa clínica localizada em Campinas, no interior de São Paulo, desejava criar uma impressão diferenciada nos seus pacientes, mostrando a preocupação com a sustentabilidade, ao mesmo tempo em que proporcionava mais conforto e aconchego.

Para isso, foram usados diversos materiais naturais, favorecendo a aproximação com a natureza e, ainda, criando espaços que favoreçam o relacionamento entre seres humanos e com os elementos naturais.

Assim, houve uma valorização da percepção e da experiência do usuário no ambiente construído, de modo a promover melhorias na saúde dos pacientes e no bem-estar, por estarem em espaços mais saudáveis.

Foram incorporados, no projeto, características e elementos naturais que favorecessem o relaxamento, o bem-estar, a variação sensorial e a conexão com a natureza, como: madeira, água, plantas, luz natural, toque suave de diferentes tecidos etc.

Mais detalhes deste projeto em Archdaily.

4- Clínica como praça em Brasília

A ideia deste projeto localizado em Brasília foi transformar a clínica médica em uma extensão urbana, partindo como inspiração da imagem da praça pública: convidativa e intimista.

Para isso, os mobiliários em formatos de bancos, uma ilha central de atendimento lembrando o quiosque e uma circulação central com áreas de descanso foram criados, além de um projeto cimentício, austero e de pouca iluminação, trazendo mais conforto aos pacientes, já que a clínica é oftalmológica.

Mais detalhes deste projeto em Archdaily.

Neste conteúdo, você viu que a arquitetura de clínicas médicas deve ser pensada de forma a valorizar os diferenciais da sua marca e, claro, trazer mais conforto, aconchego e bem-estar aos seus pacientes. Um bom projeto arquitetônico consegue dialogar com seus pacientes e tornar a experiência deles mais positiva com o seu consultório.

Gostou das nossas dicas e inspirações? Assine a newsletter e receba as novidades do blog diretamente no seu e-mail!

Comentários