Felipe Miranda CostaDiretor Técnico e Geral - CEO e CTO

Eu sou Felipe Miranda Costa, tenho 32 anos.

Nasci em 1984 em Natal-RN, estudei no colégio Marista de Natal até 2001.

Em 2001, aos 17 anos, fui aprovado na Universidade de Brasília (UnB) no curso de Engenharia de Redes de Comunicação. Deixei a casa dos meus pais e fiz a minha 1a grande mudança.

Em 2007, então com 23 anos, terminei o curso na UnB e fui contemplado com uma bolsa do ministério da educação do Japão, chamada de “Monbushou”, para fazer um mestrado em Engenharia Elétrica e da Computação. Fui aceito pelo professor Hideki Ochiai (http://www.ochiailab.dnj.ynu.ac.jp/), um professor bem conceituado da área de transmissão de dados sem fio. O tema da minha pesquisa era a economia de energia para a transmissão de informação em redes de sensores sem fio.

De abril de 2008 a outubro de 2010, enquanto fazia o mestrado, tive artigos aceitos nas 2 conferências internacionais mais respeitadas de telecomunicações (IEEE Globecom e IEEE ICC) e fui premiado 2 vezes por associações japonesas de engenharia elétrica. Uma premiação em uma conferência japonesa em 2009 como pesquisador revelação (Young Researcher Award) e outra em uma conferência internacional em 2010, recebi o prêmio de melhor trabalho publicado nesta conferência dentre todos os trabalhos de mestrandos e doutorandos japoneses.

De volta ao Brasil, de 2011 a 2012, eu trabalhei no Instituto Nokia de Tecnologia, em Manaus-AM. Nesse período, participei, junto com um grupo de engenheiros muito talentosos, da elaboração de 2 patentes relacionadas a redes celulares submetidas ao EPO (órgão de patentes da União Européia) e posteriormente aprovadas.

De setembro de 2012 a dezembro de 2015, eu trabalhei em um grupo de pesquisa de software no Centro de Pesquisa da GE no Brasil, no Rio de Janeiro. Nesse período, participei da elaboração de 1 patente relacionada à transmissão de dados sem fio para plataformas de petróleo, que foi submetida e aceita no órgão de patentes dos Estados Unidos. Também participei de um projeto de monitoramento de atletas olímpicos da Canoagem. Eu curtia muito este último projeto, mas a hora de empreender havia chegado.

Desde 2002, eu venho observando problemas e pensando em soluções tecnológicas para resolvê-los. Sempre tive o grande sonho de ser empreendedor. Inicialmente, observei de perto como grandes empresas geram inovação e propriedade intelectual. No meu tempo pessoal, construi e testei pelo menos 6 projetos de inovação nesse período. Sempre li muitos livros e participei de eventos relacionados à empreendedorismo. No segundo semestre de 2015, decidi que era hora de empreender.

No final de 2015, dois grandes amigos da época da universidade me ofereceram uma oportunidade de me juntar a eles na empresa que eles haviam iniciado 5 anos atrás, para trabalhar com desenvolvimento e implementação de software para e-learning corporativo. A empresa chama-se Impulse. Eu me me mudei para São Paulo e me juntei a eles em janeiro de 2016.

Em março de 2016, um amigo me apresentou um problema que ele estava passando: cerca de 40% do tempo dele estava sendo investido respondendo a requisições repetitivas dos clientes via WhatsApp. Sendo que a maioria dessas requisições eram relacionadas à marcação e cancelamento de consultas. Achei o problema interessante e verifiquei que muitos profissionais passam por isso. Depois de muito pesquisar o problema, mapeei algumas soluções e desenvolvi a Cloudia. Em 1o setembro de 2016, resolvi me dedicar a esta solução e transformá-la em uma empresa.

A Cloudia é uma secretária robô que marca, verifica e cancela consultas. Ela também relembra o paciente sobre as consultas futuras e envia diariamente para o médico a sua agenda. Atualmente, ela funciona no Facebook Messenger e no Telegram. Mas não pense que isso é tudo. Isso é apenas o começo. No futuro próximo, a Cloudia terá outras funcionalidades e funcionará em outros meios para facilitar a vida de profissionais e empresas que precisam da marcação de horários para atender aos clientes. Também no futuro próximo, a Cloudia como empresa crescerá e ganhará outros membros além dela e além de mim.

Apesar de eu ser o criador da Cloudia, tem uma lista de pessoas que me ajudaram a chegar até aqui e de outras que estão me ajudando nesse projeto. Sem elas, nada disso seria possível:

  • Meu irmão Tiago Miranda Costa -> Me ajudou a transformar um projeto pessoal em uma empresa com um produto.

  • Meu irmão Fábio Miranda Costa -> Sempre me ajuda a refatorar o código e deixar o software redondo.

  • Meu primo Renato Costa Segundo -> Fez a segunda versão do logo da Cloudia (essa que vcs vêm na página atual). A primeira versão é aquela do vídeo demo da Cloudia na página inicial.

  • Meus amigos Felipe Batalha e Bruno Coelho -> Sem eles eu talvez ainda estivesse trabalhando em alguma empresa e não realizando o meu sonho de empreender.

  • Meu amigo Roberto Luís Zagury -> Que me incentivou a levar o projeto pra frente e está sempre próximo com excelentes idéias.

  • Meu amigo Douglas Bessa -> Que me apresentou o problema que originou a Cloudia.

Muito obrigado a todos vocês!

Essa lista vai crescer e eu manterei ela atualizada.

Se quiser falar comigo, me contacte por email (felipe@cloudia.com.br) ou pelas redes sociais:

Comentários